março 15, 2009

Coraline e o Mundo Secreto - Resenha

Produção em stop-motion é impressionante e te põe num mundo onde prova que esse tipo de animação jamais deveria deixar de existir



Depois de muita expectativa, enfim tive a oportunidade de assistir a animação que parece ser a mais interessante do ano, Coraline e o mundo Secreto. Dirigida por Henry Selick, o mesmo que nos apresentou o ambiente sombrio de O Estranho Mundo de Jack. Este novo longa produzido todo em stop-motion e feito em 3-D - em que é necessário óculos para sentir o efeito, mas no Brasil apenas em São Paulo está disponível essa tecnologia - é impressionante e consegue agradar aos diversos públicos.

A sessão em que pude conferir o filme estava lotada de crianças, mas percebendo a reação delas, acredito que acharam o filme mais nojento e assustador do que qualquer outra coisa. Claro, o tom sombrio, e as criaturas, são o oposto do que a Pixar/Disney e Dreamworks se propõem ao estruturar um filme para o gênero. E é isso que faz dessa produção ainda mais gênial. Mas talvez possa assustar demais as criancinhas. Porque os pais presentes, se divertiam e muito!

A fábula conta a história de Coraline, uma garotinha que vive com seus pais em um enorme e antigo casarão. Acostumada a explorar os vastos jardins e pátios, Coraline fica um dia trancada em casa por causa da chuva, aborrecida. Decide então contar as coisas azuis, as janelas e as portas - e atrás de uma delas acaba achando um universo alternativo, sombrio, estranho e aterrador, onde existem versões de seus pais com enormes botões no lugar dos olhos e sinistramente eles parecem ser mais legais. Trata-se de uma adaptação para as telas de Coraline, livro ilustrado de Neil Gaiman.

Então a jovem mergulha numa história que vai mudar sua vida, conhecendo personagens inusitados com as duas versões, uma do mundo real e outra do mundo secreto. Com uma direção de arte incrível, e muito detalhista, o filme vem para mostrar que o cinemas sempre devem ter um lugar para produções desse tipo, que são muito mais incríveis e impressionantes do que muita computação gráfica por aí...

O único problema é que por aqui no Brasil o costume é chegar versões dubladas, o que nos fazem ter que esperar assistir em DVD e poder ouvir as vozes das ótimas Dakota Fanning como Coraline e Teri Hatcher como sua mãe. Mas nem por isso deixa de ser genial e que deva ser visto. [Nota:10]

Coraline e o Mundo Secreto

Coraline
EUA, 2009 - 101 min
Fantasia / Animação
Direção: Henry Selick
Roteiro: Henry Selick sobre livro de Neil Gaiman
Elenco: Dakota Fanning, Teri Hatcher, Jennifer Saunders, Dawn French, Keith David, John Hodgman

Trailer:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.