abril 30, 2009

G.I. Joe: A Origem de Cobra - Trailer Premiere

Não faltam efeitos no trailer da adaptação de Comandos em Ação.

E saiu mais um trailer de G.I. Joe: A Origem de Cobra. Trata-se de uma adaptação de um clássico desenho animado da década de 1980 e parece que tem uma linha de bonecos até hoje.

Com direção de Stephen Sommers , o mesmo do exagerado Van Helsing, não apresenta o elenco com grandes astros, mas parece que todos os personagens da história estarão presentes. No elenco estão Channing Tatum, Karolina Korkova, Marlon Wayans, Byung-hun Lee, Sienna Miller, Ray Park, Rachel Nichols e Dennis Quaid.

Confira o trailer:



A estreia mundial está marcada para 7 de agosto.

abril 28, 2009

Daniel Merriweather "Red" - Video Premiere

Segundo single do cantor australiano é balada emocional com belo resultado visual

Verão no hemisfério norte se aproximando e o mundo da música em povorosa com seus lançamentos para aproveitar a época. quem não quer emplacar um hit nesse período? Afinal o povo entra em férias por lá... Consome mais e mais. Por isso o blog nos últimos dias está tão cheio de novidades.

E o próximo a lançar mais uma novidade é o australiano Daniel Merriweather da quem já falei por aqui no blog, veja aqui. Fugindo um pouco do R&B que apresentou em Change e fez bonito nas paradas européias, ele volta com a música Red, uma balada choradeira, mas que tem um vídeo bem bonito. Eu adoro a voz dele.


Katy Perry "Waking Up In Vegas" - Video Premiere

Novo vídeo é colorido e animado... é Katy Perry!

Não vou começar o post falando que não sou fã da cantora Katy Perry. Porque até tento gostar dela. O álbum apesar de não trazer nada de novo - além de novas polêmicas para o mundo pop - é até razoável. Mas não passa disso. Uma cantora que não tem uma grande voz, não é mais bonita que as outras 'rivais' e se aproveita do estilo power pop que está na moda, abusa de cores e uma puxada vintage. E nessa guerra meio que declarada, fico com a louca da Lily Allen que tem dois álbuns melhores.

Mas o resultado do clipe ficou bem bacana e parece mais trailer de filme, se não fosse o iPhone (?) marcando presença. Marca registrada de todos videoclipes do novo século. Como eu sou chato.

Enfim, veja:

abril 27, 2009

Kasabian "Fire" - Video Premiere Exclusive

A banda assalta o mundo da música com suas guitarras no novo single Fire!

O primeiro vídeo promocional da banda Kasabian, foi lançado nesse sábado, mas chegou na internet de maneira legalizada apenas nesta segunda-feira no site do tablóide The Sun. O site oficial da banda postou o vídeo e rapidamente eu já coloquei aqui no Project Monkeys. O single Fire será lançado para venda em 1º de Junho e o novo álbum da banda, West Ryder Pauper Lunatic Asylum, sai em 8 de Junho. Já está disponível a pré- venda em sites internacionais, e quem comprar leva a faixa Underdog.

O vídeo continua seguindo o estilo meio maluco, porém interessante do grupo. A banda assalta um banco e usa guitarras como armas? Cool! Já a música eu achei mediana... Sem dúvidas o Kasabian parece ter freado o ritmo energético e mais pesado e segue uma linha mais eletrônica. Mas o estilo e visual continua indie.

Confira com exclusividade:



The official video for Kasabian's new single, Fire, released June 1st.

abril 25, 2009

Paolo Nutini "Candy" - Video Premiere

Sem franja, mas com o inseparável violão, cantor se prepara para lançar novo álbum em junho

Diferente no visual, mas com o mesmo estilo, o cantor escocês Paolo Nutini retorna com novo álbum. Com o nome de Sunny Side Up, o sucessor de These Streets (confira o seu maior sucesso Last Request, que foi trilha da novela Paraíso Tropical, aqui) que em 2006 vendeu mais de 1 milhão de cópias por todo o mundo - só nos EUA foram 150 mil - , promete ser mais um daqueles álbuns com várias baladas, músicas boas para passar um dia feliz. Claro que o ponte forte é a voz do cantor, que foi uma verdadeira revelação quando surgiu com o primeiro disco. O lançamento está marcado para o verão europeu, dia 1 de junho. É pra começar o mês muito bem!

Candy é o primeiro single promocional e acaba de ganhar um vídeo. Como a música tem todo aquele clima rural, e o vídeo não podia ser diferente. Uma festa de casamento simples, em que a canção se encaixa perfeitamente... mas até um certo momento o vídeo te faz mergulhar numa intensa edição que mostra os noivos até sua lua de mel. O resultado é esse:



The All Americans Rejects "The Wind Blows" - Video Premiere

Segundo single da banda americana segue o ritmo mais romântico

Depois do imenso sucesso com a irônica Gives You Hell, o The All-American Rejects lança um novo vídeo promocional do novo álbum When The World Comes Down (confira a resenha aqui). O vídeo é belíssimo e mais sério do que o anterior, trata de uma balada sobre o fim de um relacionamento. O refrão:

"Partirei quando o vento soprar
Tomar fôlego e lá me vou

Estarei do lado de fora de sua janela
Passarei mas irei devagar
Partirei quando o vento soprar"


Confira o vídeo de The Wind Blows:


Green Day "Know Your Enemy" - Video Premiere

Depois de 5 anos sem quase nada... Green Day retorna com novo albúm!

Estreou ontem na MTV amerciana, o novo vídeo da banda punk de grande sucesso mundial, o Green Day! Voltando com um estilo mais pop, assim como no álbum American Idiot, a banda aparece tocando em um lugar isolado e com várias câmeras os filmando. Tem fogo, tem escuridão, tudo meio violento. E a violência é o tema nessa nova música. A banda canta:

Do you know the enemy?
Do you know the enemy?
Well, gotta know the enemy.


O novo álbum, 21st Century Breakdown promete seguir um estilo mais power pop, gênero que está na moda. Seu lançamento está marcado para 25 de maio.

Assista ao novissímo Know Your Enemy:

abril 23, 2009

Novidades: banda Kasabian

E sai a capa do terceiro e novo álbum!


Depois do primeiro single, saiu essa semana a imagem da capa do novo álbum da banda Kasabian. O sucessor do segundo álbum Empire, chamado The West Ryder Pauper Lunatic Asylum tem lançamento marcado para 8 de Julho.

De acordo com o guitarrista Serge Pizzorno, o álbum tem referências a bandas como Rolling Stones e The Who.

“É uma dessas capas à moda antiga, inspirada em Rolling Stones e The Who. A
foto foi feita em um hospital infantil em Londres e todos nós colocamos essas roupas finas”.
Confira:

abril 19, 2009

Kelly Clarkson "I Do Not Hook Up" - Video Premiere

Cantora ataca em festa de casamento e agita a balada no novo vídeo!

Kelly Clarkson minha filha, quem te viu e quem te vê. No vídeo a cantora americana ataca o noivo e se joga na boate. E gente leva até um tombo daqueles! Essa nova fase a cantora não quer mais saber de nada. Depois resta chorar... Quer apostar quanto que a lindíssima Cry será o novo single?

"Oh no, I do not hook up, up
I go slow, so if you want me
I don't come cheap
Keep your hand on my hand
And your heart on your sleeve
Oh no, I do not hook up, up
I fall deep, cuz the more that you try
The harder I'll fight to say goodnight"

A música faz parte do álbum All I Ever Wanted, e foi escolhido como segundo single promocional. As vendas do novo trabalho pelo mundo já ultrapassam 700 mil cópias.

Assista I Do Not Hook Up:


Milk, A Voz da Igualdade - Resenha

Sean Penn brilha no filme documental sobre Harvey Milk, o primeiro gay assumido a ser eleito para um cargo público nos EUA


Antes de entrar na sessão cheia - de mulheres acima de 40 anos e alguns homens de meia idade - minha dúvida era se o filme que rendeu um Oscar ao ótimo Sean Penn, era mais sobre um movimento militante histórico ou sobre o quem foi Harvey Milk, que lutou por esse movimento em São Fransciso nos Estados Unidos nos ano 70. E o diretor Gus Van Sant deixa claro em várias sequências de discursos em palanques e por mostrar a conturbada vida amorosa de Harvey, que ele é a alma daquilo tudo, sem ele, dificilmente a luta dos direitos gays iriam tão longe e resistido em meio a pressões políticas naquela época.

Mais impressionante do que toda a luta, é o personagem histórico que até os seus 40 anos, não tinha nenhuma grande motivação ou vontade de assumir tal papel na luta pela liberdade. Mas a situação estava mais do que ultrapassando limites, virou uma perseguição gratuita de intolerância do poder público contra os homossexuais. Apesar de não ter a vontade de sair enfrente a essas causas, ele revidava insultos contra o comércio gay da região, com beijos e carinhos públicos ao seu parceiro, aqui interpretado por James Franco, que é uma grande promessa dessa geração de atores.

O filme tem um estética suave, colorida por muitas vezes, retrando bem a geração que se formava nos anos 60 e 70. Em meio a revoltas dos protestos, por muitos momentos é possível ver Harvey ali dentro, sempre mostrando que ele é a peça fundamental para tal feito. E Sean Penn se entregou de corpo e alma para esse papel. A naturalidade das cenas de beijo, e os trejeitos que não são exagerados, mas jamais contidos, percebe-se que a construção do ator com o personagem foi uma pesquisa bem elaborada e seguiu a risca o que lhe foi proposto. Mas uma imagem que me vem à cabeça e confirma tudo isso, é que quando penso no ator vejo a cena dele ajudando as vítimas do furacão Katrina, um dia depois de toda a destruição. Um ator engajado. E o Oscar chegou para agraciá-lo pela coragem, atuação e também porque não esse seu lado engajado em causas humanitárias.

Mas o filme não se limita apenas em mostrá-lo como um grande ativista. Toda sua equipe tem importância. Temos desde Emile Hirsch, Lucas Grabbel - mais conhecido por High School Music -, Diego Luna que faz um dos interesse amorosos de Milk, entre outros não tão conhecidos, mas não menos importantes. E o filme homenageia à todos. Harvey Milk pode ter sido a alma, mas não construiu essa voz sozinho.

Acredito que o filme Milk, mais do que um filme documental sobre um grande personagem histórico ou um movimento de grande importância para os direitos humanos, é uma obra importante para a geração atual que ainda enfrenta preconceitos e o medo de se assumir perante a família e à sociedade. Um grito de esperança, que é todo o propósito de Harvey Milk desde o início dessa sua luta. [9,5]



Milk - A Voz da Igualdade

Milk

EUA, 2008 - 128 min
Drama / Biografia
Direção: Gus Van Sant
Roteiro: Dustin Lance Black
Elenco: Sean Penn, James Franco, Josh Brolin, Emile Hirsch, Diego Luna, Alison Pill, Victor Garber, Denis O'Hare, Lucas Graabel

Trailer:






abril 17, 2009

Harry Potter e o Enigma do Príncipe - Trailer Premiere

Enfim, essa é a última prévia antes do filme que sai em Julho!

A Warner liberou o trailer final do sexto filme da saga Harry Potter. Esse sem dúvidas é o melhor vídeo até aqui. Vale ressaltar que Harry Potter e o Enigma do Príncipe teve seu lançamento adiantado nos Estados Unidos para uma quarta-feira, dia 15. Essa medida foi feita com o quinto filme e há dois anos, A Ordem da Fênix fez impressionantes 44 milhões em seu dia de estreia batendo todos os recordes de um lançamento numa quarta-feira. Será que vêm novo recorde por ai? Pelas prévias, eu aposto que sim. Porém, ainda não se sabe se o longa também será adiantado no aqui Brasil.

Confira o trailer final:

abril 16, 2009

Desejo e Reparação - Resenha

Mais do que uma impecável produção de época, estamos diante de uma das mais lindas histórias sobre o ser humano e seus sentimentos

Assisti ao filme Desejo e Reparação pela primeira vez de uma forma da qual não me orgulho. Não consegui ir ao cinema na semana de lançamento, então apelei para a ignorância. Mas não consegui captar a mensagem do filme nessa vez. Aliás, não consegui captar nada. Então apareceu uma nova oportunidade, da qual não deixei passar. E desabei em lágrimas.

Brioni Tallis é uma jovem inteligente, que ama escrever. E tudo que vê, é filtrado pela sua mente fantasiosa. No verão de 1935, ainda bem nova, deixa aflorar dentro de si um amor platônico, pelo filho da empregada de sua casa, Robbie Turner, já bem mais velho. Esse por sua vez é apaixonado pela sua irmã, Cecilia. É daí que essa história é contada de maneira clássica, subjetiva, com várias cenas que mostram diversos pontos de vista. Brioni vê coisas, cria uma fantasia imensa, e um vacilo, põe tudo a perder jogando os personagens num caminho sem volta.

O filme introduz um segundo ato torturante. A Segunda Guerra Mundial está em seu auge e o jovem Robbie vê coisas da qual não imaginaria ver jamais. Em uma das mais primorosas cenas que o cinema já nos proporcionou assistir, ele caminha numa praia onde tem marcado o caos da guerra. Sem cortes, ele anda em meio a destruição. São minutos intermináveis e que é impossível não prender a respiração ou se emocionar. O que dizer do coral de soldados? E o beijo cinematográfico no fundo dentro da sala de projeção, onde ele vai parar?

Vencedor na categoria de trilha sonora original no Oscar 2008, o feito não podia ser mais merecido. A trilha grante o principais momentos de dramaticidade e guia a história de forma emocionante e bem editada. Até mesmo o som da máquina de escrever faz parte do belissímo trabalho do compositor Dario Marianelli.

Ainda nesse ato, conhecemos Brione já crescida, e tentando de todas as formas reparar um grave erro que pôs em jogo o destino das duas pessoas da qual ela mais ama. E de todas as formas ela se põe em situações que deseja sentir na pele o que eles poderiam estar passando. Ela mergulha nos bastidores do terror que foi a guerra. Entre feridos e mortos, ela busca limpar sua consciência.

O filme termina com sua última cartada, e o que pode ficar no imaginário das pessoas. Até onde você iria para reparar um grave erro? É possível reparar? É disso que trata a adaptação do romance de
Ian McEwan. E que em seu segundo trabalho, o diretor Joe Wright que fez Orgulho e Preconceito, nos toca e faz lembrar que apesar de sempre estarmos julgando as pessoas, nos coloca no lugar daquele ser humano incapacitado de entender certas coisas, e ao se arrpender, tentar consertar erros.

Elenco de primeira, com destaque a personagem principal Brioni, que é interpretada por três atrizes que mostram muito bem a mudança de caráter da personagem e em nenhum momento deixa a história ficar mal contada.
Keira Knightley como já havia provado, continua sendo a melhor escolha para filmes do gênero, possuindo características particulares incríveis, em um momento romântica e em outro determinada. James McAvoy consegue ser os nossos olhos diante do que é o caos, destruição... Sonhador, injustiçado... apaixonado.

Procurem pela trilha sonora, o livro... Eu já estou me movendo para ler essa bela história, emocionante, envolvente e acima de tudo, de seres humanos. Aqueles que cometem erros, que fazem guerras e muitas vezes se arrependem.

Desejo e Reparação
Atonement
Reino Unido/França, 2007 - 130 min
Romance / Drama / Épico / Guerra
Direção: Joe Wright
Roteiro: Christopher Hampton (baseado em romance de Ian McEwan)
Elenco: Keira Knightley, James McAvoy, Romola Garai, Saoirse Ronan, Vanessa Redgrave

Trailer:

abril 15, 2009

Project Movies e Project Bands

Oi pessoas, andei meio afastado do blog pela falta de tempo... Infelizmente a renovação do Project Monkeys acontece no ano em que tenho que apresentar minha monografia, então já está começando a ficar pesado.
Mas o engraçado, é que mesmo sem postar por uma semana, o Project Monkeys se manteve com os números de acessos diários. Incrível! Agradeço muito a todos!

Bom para não ficar muito tempo sem postar nada, vou por no ar uma idéia que já cheguei a apresentar por aqui... O Project Bands! Trata-se da apresentação de uma banda da qual gosto muito e recomendo a todos. Vou postar os melhores vídeos da banda escolhida, postar crítica de alguns e por aí em diante.

Aproveitando a idéia, e a falta de tempo em ir aos cinemas, fiquei pensando se não seria interessante fazer um Project Movies também... Fazer uma resenha dos meus filmes favoritos e da qual recomendo a todos. Já tenho uma escolha que não assisti nos cinemas, e que mexeu muito comigo nessa semana.

Então fiquem de olho!

abril 09, 2009

Harry Potter e o Enigma do Príncipe - Trailer Premiere

E sai a segunda prévia internacional completa!

E a Warner Bros. acaba de divulgar mais um trailer da nova aventura do bruxo Harry Potter. Esse é o sexto filme da franquia, e o segundo trailer lançado de Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Nesta nova prévia voltada para o público internacional, temos mais a relação de treinamento de Harry com Dumbledore para preparar o jovem bruxo para um novo confornto contra o vilão Voldemort. O clima é de tensão, e o trailer me lembrou as prévias na época de lançamento de Sweeney Todd... sério mesmo, aquele que Johnny Depp mata as pessoas e Helena Bonham Carter faz tortas com os restos. O clima dos dois vídeos é o mesmo. Depois dizem que Harry Potter é coisa de criança. Que medo. Confira:



E a grande estreia está marcada para 17 de julho no Brasil!

abril 08, 2009

Jean Charles - Trailer Premiere

Trágica história de brasileiro em Londres, vai para os cinemas protagonizado por Selton Melo

Os ataques terroristas em Londres em 2005, tempos depois dos ataques nos EUA e na Espanha, trouxeram consequências que chocaram diretamente nós brasileiros, e agora toda essa história vai ser contada nos cinemas.

A co-produção Brasil-Reino Unido, Jean Charles, protagonizado pelo astro Selton Melo, que faz Jean Charles e Vanessa Giácomo que interpreta Vivian, a história vai mostrar os primos que se mudam do Brasil para Londres para tentar ganhar a vida por lá. E pla premissa do trailer, parece que finalmente a realidade da xenofobia e o modo como os brasileiros lidam com tais situações será mostrada. O roteiro foi escrito por um jornalista brasileiro da BBC Marcelo Starobinas e por Henrique Goldmant, esse que também cuidou da direção.

Confira o trailer lançado nessa semana:



O lançamento acontece na alta temporada de filmes, em 26 de junho.

abril 06, 2009

Cherrybomb - Trailer Premiere

Filme estrelado por Rupert Grint, o Ron da série Harry Potter, parece uma versão de Skins para os cinemas com muito sexo, drogas e rock'n'roll

Chegou a hora de Rupert Grint, seguir os passos de todo ator mirim que espera ter uma carreira mais forte no futuro. Aceitar um papel de adolescente rebelde, que tem uma vida descontrolada, regada a muita droga, sexo e rock'n'roll. É mais ou menos por aí que temos a história do filme Cherrybomb. O ator vive Malachy, jovem que embarca num fim de semana descontrolado com seus amigos Luke (Robert Sheehan) e Michelle (Kimberley Nixon). E claro tem triângulo amoroso, brigas e lições aprendidas até o fim da história, porque provavelmente tudo deve acabar mal. Basta ver o trailer:




Não lembra o seriado Skins? O filme deve estreiar no Reino Unido no fim do ano.

abril 04, 2009

Velozes e Furiosos 4 - Resenha

Quarto filme da franquia, traz o que a história tem de melhor: seus personagens originais


Foi uma franquia cinematográfica diferente, personagens mudaram, a história mudou e os lugares por onde se passam também são diferentes. Tudo começou quando o ator Vin Diesel havia recusado a oferta de fazer a sequência de um dos grandes sucessos de 2001: Velozes e Furiosos (The Fast and the Furious). Mas uma coisa continuou a mesma, carros alucinando as ruas das grandes cidades, e sempre a máfica envolvida por trás de tudo isso, além claro do hip hop e mulheres semi-nuas.

O primeiro filme foi um mega sucesso de bilheteria arrecadando em todo mundo cerca de 207 milhões de dólares. Já sua sequência, mesmo sem o ator principal, conseguiu um feito ainda maior, Mais velozes e Mais Furiosos (2 Fast 2 Furious) arrecadou no ano de 2003, mais de 236 milhões em todo mundo. Mas tudo se perdeu quando forçaram a barra e sem nenhum personagem do elenco principal lançaram o terceiro filme em 2006: Velozes e Furiosos - Desafio em Tóquio (The Fast and the Furious: Tokyo Drift), mas ainda sim faturou alto: 158 milhões pelo mundo. Fato que provou ser questão de tempo ao anunciarem mais um.

Então reunindo as quatro estrelas do primeiro longa: Vin Diesel, Paul Walker, Jordana Brewster e Michelle Rodriguez, a franquia ganha novo fôlego. E tudo retorna aos seus devidos lugares. Não sei se esses outros filmes contribuiram para o resultado desse, pois o elenco parece afiado e que depois de tanto tempo, o entrosamento deles melhorou ainda mais. Mesmo que os dramas não convecem tanto e nem a atuação mais séria de Vin Diesel, mas temos aqui uma evolução para aquele que apesar de fazer muitos filmes, nunca se destaca muito, o caso de Paul Walker, onde na pele de investigador O'Conner, tem tiradas hilárias e quebra a tensão do filme.

O filme é uma oportunidade bem legal para quem sentia falta da química desse elenco e claro dos carros turbinados que protagonizam cenas super editadas e cheias de ação e explosão. Tudo continua um exagero e uma mentirada só, mas é mais que suficiente para garantir uma boa diversão e deixar os fãs de ação e carros alucinados com tanta velocidade e intriga... E o resultado, apesar da crítica não ter gostado muito, está mais uma vez nos números. Apenas nessa sexta-feira de estréia, o filme arrecadou cerca de 30 milhões em bilheterias apenas no EUA. [Nota: 8,5]

Velozes e Furiosos 4

Fast & Furious EUA, 2009 - 107 min
Ação

Direção: Justin Lin
Roteiro:
Chris Morgan
Elenco:
Vin Diesel, Paul Walker, Jordana Brewster, Michelle Rodriguez, John Ortiz, Laz Alonso, Gal Gadot, Jack Conley , Shea Whigham, Liza Lapira, Sung Kang, Don Omar

Trailer: