janeiro 30, 2010

'Deixa Ela Entrar': terror sobre vampiros é perturbador

Terror sueco foge de clichês e conquista o público com a relação entre adolescente e vampira


Sucesso de crítica e vencedor de vários prêmios, a produção sueca Deixa ela Entrar (Låt den Rätte Komma In, 2008) poderia ser mais uma daquelas perdidas na mitologia, que apelam para a pornografia e cenas violentas. Mas em tempos de True Blood e Crepúsculo que trazem visões diferentes e renovam o gênero - mesmo que pra isso, infelizmente, o último mude as características dos clássicos - o público tem se tornado cada vez mais exigente quanto ao tema. 


Deixa ela Entrar, narra a história do jovem Oskar (Kåre Hedebrant), de apenas 12 anos, que sofre com o abuso de colegas na escola. Violentado quase que diariamente, ele ainda passa pelos problemas familiares - pais separados - que o tornam anti social, isolado e sombrio. Se as características claramente lembram de um vampiro, vale acrescentar que o físico do garoto, branco, quase que albino, e com forte expressão nos olhos. Até que a chegada de vizinhos no apartamento ao lado trazem a ele um novo rumo. E logo o garoto conhece Eli (Lina Leandersson), a vampira de 12 anos (só que com muito mais tempo nessa idade, como ela mesma diz) que possui quase as mesmas características de Oskar, o que os tornam cada vez mais próximos. Esse é o ponto central do filme, a aproximação dos dois e como de fato essa amizade vai mudar a vida de ambos. 


O diretor Tomas Alfredson descartou certos clichês como os de amores impossíveis, mas continuou com importantes tradições, da qual ele trata com tom irônico e beirando ao trash: fato do homem que testemunhou um dos ataques ter vários gatos em casa, o que guarda futuramente uma cena exagerada, mas condizendo com a mitologia; ou a mulher infectada queimando ao toque do sol em sua pele. São cenas que de fato fazem o tema ser ainda mais tratado com seriedade e fidelidade. A verdade é que todo o horror das criaturas vampirescas oriundo da maldição de se viver matando para sobreviver, cria uma certa inveja aos humanos que clamam por poderes para serem diferentes e até mesmo resolverem seus problemas mais facilmente. Oskar consome a admiração por Lia, a única que o entende e está do seu lado para enfrentar os problemas juvenis. Algo não inédito do gênero, mas que transforma essa maldição, na metáfora da adolescência.


Além do roteiro muito bem trabalhado, vale destacar as belas imagens da Suécia, mesmo congelada, mas que cria um suspense primoroso. Mesclando cenas delicadas de identificação entre os personagens, e as mais bizarras e assustadoras - vale destacar a do pai de Eli desfigurado - ou as tempestuosas cenas de ataques embaladas pela trilha sonora tão eficiente como em Psicose

Deixa ela Entrar pode ser uma boa pedida aos fãs do gênero e que gostam de ver adolescentes e jovens amaldiçoados. Mesmo sem lamúrias e romance, consegue assustar e ao mesmo tempo encantar com um grande toque de realismo ao tratar relação dos vampiros e humanos em nossa época cercada de tanta violência e o medo universal quanto do apocalipse.  
 
Deixa Ela Entrar
Låt den Rätte Komma In
Suécia, 2007 - 110 min
Suspense / Drama 
Direção: Tomas Alfredson 
Roteiro: John Ajvide Lindqvist 
Elenco: Kåre Hedebrant, Lina Leandersson, Per Ragnar, Henrik Dahl, Karin Bergquist, Peter Carlberg 
Trailer:


2 comentários:

  1. não gosto de filme de terror, porém esse não parece ser atterrorizante...
    adoro vampiros, mas se o filem for terror mesmo nem assisto XD

    vou evr se acho ewle para baixar! =D

    ResponderExcluir
  2. Não é bem perturbador ou aterrorizante, exagerei um pouco, mas filme de vampiro se encaixa em terror e suspense.

    Fica no meio termo entre suspense e terror. Mas pra quem curte história de vampiros é obrigatório!

    ResponderExcluir

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.