maio 10, 2013

Crítica: as boas estreias das séries '3 Teresas' e 'Surtadas na Yoga'

Séries apostam em bons roteiros e atuações


Após a boa recepção da série Sessão de Terapia e mais recentemente Copa Hotel, o GNT estreou mais séries originais, de viés independente, nesta semana: As Canalhas, 3 Teresas e Surtadas na Yoga. Dessas três, acompanhei com grande boa vontade as duas últimas, que seguem um modelo mais comum da teledramaturgia, com episódios que desenvolvem uma só história por um período, sem trocar de personagens cada semana, o caso de As Canalhas. Outro fato que me chamou atenção nessas duas, são os nomes na ficha técnica e que se refletem também no corpo de atores: Denise Fraga e Fernanda Young.

Seguindo um estilo dramédia, é impossível não comparar 3 Teresas com Modern Family. O primeiro episódio deixou claro essa relação, já que tentou ao máximo esconder a ligação entre as três mulheres do título - assim como o episódio piloto da série americana. O seriado acompanha a vida de três gerações de mulheres de classe média, parentes. A história começa com Teresa (Fraga), que está se separando do marido e começa a pensar em arranjar um novo alguém. Foram 16 anos de casamento, e recomeçar a deixa aflita com tudo o que tem em torno desse fato. Mas, ainda assim disposta a olhar de forma otimista o fator da "experiência" que acumulou, ela literalmente se põe numa vitrine. A situação só toma um rumo diferente, quando seu ainda ex-marido não tem pra onde ir, ficando no apartamento que dividiam, fazendo-a se mudar para a casa da mãe.

A mãe é a dona Teresinha (Cláudia Mello), que vive no simples bairro do Bom Retiro em São Paulo. Viúva, ela acumula dívidas em relação a casa e faz de tudo para não demonstrar seu atual desconforto com a situação, mesmo assim mantém as esperanças com a vida e um novo casamento. A neta que Teresa leva para morar com a avó, é Tetê (Manoela Aliperti), uma adolescente de 16 anos. Com ares de rebeldia, a jovem começou a sua vida sexual e já passou pelo susto de achar que está grávida. Mostrando não ter muita paciência para a relação tumultuada dos pais, ela ainda vai enfrentar os problemas da mãe com a avó. Com 13 episódios, 3 Teresas se mostrou dinâmica, engraçada sob medida e como forte, as atuações certeiras das protagonista, que se apoiam também num roteiro com boas sacadas e envolvente - ficou mais divertido que Copa Hotel que parece ser uma produção um tanto maior.


Surtadas na Yoga, como o próprio título já mostra, é mais uma comédia no estilo escrachado (porém, inteligente) de Fernanda Young, que desde Os Normais não tem conseguido emplacar um projeto tão significativo quanto. Esse seriado segue a linha de raciocínio que o GNT tem escolhido, até por razões orçamentárias por parte das produtoras: uma boa história e uma câmera na mão. Se passa basicamente dentro de uma academia de Yoga e foca na relação de três "companheiras de aula" que aos poucos vão criando um vínculo mais forte, como foi o mote dessa estreia. São elas: Ana Maria (Flavia Garrafa), Jéssica (Young) e Marion (Anna Sophia Folchi).

Aproveitando o plano de fundo calmo e espiritual da Yoga, o contraste com as personagens neuróticas e nervosas é a grande sacada da série. É um humor cotidiano, que ri dessa sociedade que não se desliga e faz coisas pensando na saúde, mais por alguma influência de outros do que por vontade própria. Young não deixa de lado os palavrões e situações constrangedoras para por ainda mais lenha nesse humor satírico e debochado - como é de praxe em suas outras produções. Porém, a graça é maior do que numa série no estilo super herói e tramas mais rebuscadas - como tem se mostrado o fracassado O Dentista Mascarado. As ideias da roteirista, parecem fluir melhor quando existe uma maior liberdade para explorar situações em ambientes comuns, simples, vide o caso de Os Normais.


As boas estreias, vão ao ar todas às quartas-feiras, a partir das 22h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.