outubro 09, 2009

UP – Altas Aventuras (Experiência em 3D)

Pixar se supera mais uma vez


Para aqueles que nunca repararam, mas, todos os filmes dos estúdios da Pixar que assistiram nos últimos anos, e os consideraram acima da média, assistam ao documentário The Pixar Story (Leslie Iweks, 2007). A produção mostra como o estúdio estava a beira da falência e deu a volta por cima ao começar produzir os primeiros longas totalmente em computação gráfica. É importante assistir para entender como a empresa consegue se superar a cada produção lançada.

Ao ser comprada pela Disney depois do incrível sucesso de Toy Story, a empresa cresceu e até hoje, é um dos mais respeitados estúdios no mundo do entretenimento, alcançando um sucesso após o outro a cada ano. Uma história marcada por crise criativa – antecedendo o lançamento de Toy Story 2 –, a pressão de lidar com os sucessos, os problemas de comunicação com a Disney e por fim a superação de todos os problemas e o estável retorno em torno das produções.

A décima produção assinada pelo estúdio e dirigido por Peter Docter (Monstros S.A.), o longa de animação é mais uma passo na evolução do estúdio, que com o apoio da Disney tem sempre buscado qualidade em cada trabalho. A trama chegou a causar um espanto no mercado financeiro que apostava no fracasso do filme, fazendo com que as ações da Pixar caíssem depois que anunciada a produção. Claro. Quem esperaria que com um protagonista velhinho e rabugento, pudesse ser um grande hit infantil dos cinemas?

E é ai que está a grande cartada da Pixar. Inovar a cada produção é algo que a empresa busca todo momento. É como se fosse um álbum contendo 10 músicas e cada uma fosse um grande hit, com uma estética variada, mas sempre original. Cada produção diferente uma da outra, porém, sempre falando sobre amizade, família e amor. UP é o auge do álbum. Pelo menos até agora. Depois dos mais clássicos Wall-e e Ratatouille que conseguiram excelentes críticas e foram grandes sucessos, talvez não tão grandes quanto os mais comerciais como o mais chatinho Carros e o maior sucesso deles até agora Procurando Nemo, a produção consegue o verdadeiro equilíbrio como filme de entretenimento e aula cinematográfica.

Contando a história do velhinho Carl Fredericksen (aqui no Brasil dublado pelo grande Chico Anysio) que sai em busca de cumprir uma promessa que fez ao seu grande amor e assim vive aventuras ao lado do pequeno escoteiro Russell. Voando na casa que está sendo carregada por balões. A emocionante história tem comédia, ação e pitadas de drama – que comovem até os mais crescidinhos. O vilão aparece em uma grande reviravolta na história, lembrando até muito o que conhecemos em Os Incríveis, afinal ele nos é mostrado no início do filme, mas se revela perto do final. A experiência 3D deixa os detalhes da produção ainda mais belos e completos. É como se abrissem um livro objeto, daqueles que possuem lindos detalhes e se transformam em uma magnífica maquete que te põe dentro da história. Nada exagerado, e tudo bem realizado.

Em Junho poderemos conferir a terceira parte de Toy Story e em breve mais uma produção original do estúdio – Newt. Será que a Pixar ainda conseguirá nos maravilhar ainda mais? Antes que me esqueça, anexado ao filme está curta Parcialmente Nublado, que vale a pena ser procurado por aqueles não tiveram a oportunidade de vê-lo junto.

Up - Altas Aventuras

Up
EUA, 2009 - 96 min
Aventura / Animação
Direção: Pete Docter, Bob Peterson
Roteiro: Pete Docter, Bob Peterson, Thomas McCarthy
Elenco: Edward Asner, Christopher Plummer, Jordan Nagai, Bob Peterson, Delroy Lindo, John Ratzenberger

Trailer:

Um comentário:

  1. eu adorei up! muito fowfo e bonito. mas meu deus, eu havia esqueido q a disney ADORA um drama infantil, né x.x

    o gurizinho é um quadro! kkkkkkkkkk
    e o dobermann com vozinha de "ALvin e os esquilos" é hilário, fiquei uns 15 minutos rindo dele XD

    ResponderExcluir

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.