agosto 05, 2008

Teen Choice Awards: o pior de todos



Primeiramente eu não vou perder mais tempo falando mal de Gossip Girl, e sim vou mudar o ângulo do comentário: Teen Choice Awards. Trata-se da pior premiação da cultura pop americana.

Ok. É um show voltado para crianças e adolescentes, em que eles mesmos votam nos seus favoritos para ganharem. Isso poderia ser um sério motivo para a premiação ser ruim, mas o problema em questão é: como a maioria dos vencedores conseguiram ser os piores da televisão no momento?

Apesar de no começo falar que não iria perder tempo com Gossip Girl, é impossível deixar de lado a hipocrisia americana. Um seriado que é tão pisoteado pelos críticos e não agrada nem um pouco os pais, pode "conquistar" os jovens desse país? Lembro da época quando um seio da Marisa em The OC "apareceu" na escuridão de uma cena e os pais foram reclamar com a FOX, mas isso não chega nem perto da trama dos riquinhos de Nove Iorque. Apesar de não mostrar o que promete, a trama possui personagens que sofrem uma certa ausência de consciência, e a cada episódio trocam de par como trocam de roupa. Como a televisão americana permite que os jovens vejam um seriado que a história gira em torno do passado de uma protagonista, regado a sexo, traição e drogas e um simples seio a "amostra" numa escuridão pode ser vetado e tratado com polêmica? Diversão e entretenimento não deve ser sinônimo de falta de qualidade e sem um pingo de comprometimento em levar algo positivo ao telespectador, qualidade que eles mesmo julgam nesses casos moralistas.

Deixando o - falso - moralismo de lado, vamos questionar a qualidade dos vencedores - ou melhor a ausência deles. Claro que nenhum jovem parece ligar pra isso. A segunda temporada de Heroes foi premiada como Melhor Série de Ação/Aventura do ano. Sim a tenebrosa temporada de Heroes ganhou. Concorria com Lost (!), Prison Break, Smallville e a novata Terminator: The Sarah Connor Chronicles. Parece que, além, de preferirem Serena transando com todo mundo, ainda não gostam muito de desvendarem tramas curiosas como dos outros indicados. Rendem-se aos mutantes mal escritos.

Na categoria de Série de Comédia eu não vou questionar o fato de Hannah Montana ter vencido, afinal é um seriado feito para essa faixa etária, é da Disney e tem milhões de CD's vendidos. E por pouco não é melhor que Gossip Girl... Não resisti a essa comparação, que antes que me batam, é pura brincadeira.

Chad Michael Murray, o Lucas de One Tree Hill, conseguiu quebrar a hegemônia de GG e passou a perna em Penn Badgley, interprete do Dan de GG, e no péssimo ator Chace Crawford, que faz o Nate também de GG - mas depois esse levou de revelação masculina - e ganhou na categoria de melhor ator em série de drama. Entendo. Os dramas dos garotos de NY não chegam nem perto do pobre Luca, sem tirar  o fato do Chad ter melhorado a cada temporada.



O pior de tudo é ver Blake Lively, a Serena de Gossip Girl vencer como melhor atriz em série de drama (!) enquanto Leighton Meester, a Blair do mesmo seriado consegue dar um show de interpretação como amiga da maluca. Sem mencionar as outras candidatas que põe as duas no chinelo, Hilarie Burton a Peyton Sawyer de One Tree Hill, Katherine Heigl a Izzie de Grey’s Anatomy e a ganhadora do ano passado Sophia Bush que teve um ótimo momento esse ano como Brooke Davis em One Tree Hill.

Difícil de engolir, mas pelo menos na parte de Cinema a história foi um pouco melhor.

Revelação feminina ficou com a ótima Ellen Page que interpretou a Juno. Johnny Depp foi escolhido o vilão - ele sempre leva um desses todo ano, os adolescentes gostam muito dele por lá, e não é muito diferente por aqui, né? - por Sweneey Tood, será que os pirralhos viram mesmo? Jessica Alba foi a melhor atriz em filmes de suspense ou terror por O Olho Do Mal, ela que ganhou ano passado por seu grande papel em O Quarteto Fantástico 2, óbvio que seu carisma é que lhe deu o prêmio. O sempre favorito Will Smith foi o melhor ator em filme de terror ou suspense por Eu Sou a Lenda. Ellen Page levou também o de melhor atriz de comédia(!?). Ashton Kutcher levou de melhor ator de comédia, pela sua atuação em Jogos de Amor em Las Vegas. Rachel Bilson que foi a Summer em The OC, levou de melhor atriz de aventura ou ação por Jumper. Shia LaBeouf levou de melhor ator de ação ou aventura e Keira Knightley melhor atriz de drama.

Filmes Premiados:

Filme de Terror ficou com Eu sou a Lenda; de comédia com Juno; Ela Dança, Eu Danço 2 foi eleito o melhor de drama e As Crônicas de Nárnia 2 - O Príncipe Caspian ganhou o de melhor aventura.


A parte musical os destaques foram para o Paramore que venceu como nelhor música de rock e... só. Chris Brown levou uns, Jonas Brothers e Miley Cyrus outros.

A lista de todos vencedores aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.