fevereiro 28, 2010

A face 'clean' da famosa estilista é o foco de 'Coco Antes de Chanel'

Filme sobre a famosa e importante estilista foge de polêmicas


Desde que Meryl Streep vestiu Prada e infernizou a vida de Anne Hathaway, a temática sobre moda mostrada nos cinemas e na televisão foi copiada o máximo possível nas produções que vieram a seguir de O Diabo Veste Prada. Seja em reality shows, seriados ou filmes. Mas se tratando de biografias, nenhuma chama mais atenção do que a vida de Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida como Coco Chanel. E o lançamento de um filme sobre a estilista, era questão de tempo. Pois, antes saíram livros sobre sua biografia, suas confecções (bolsas, roupas, sapatos e perfumes) e até foi feita uma minissérie.

Dirigido por Anne Fontaine a produção muda um pouco o foco do que foi mostrado, e segue o conceito do título: Coco Antes de Chanel. Aqui a protagonista, vivida pela Audrey Tautou (O Fabuloso Destino de Amelie Poulain), é uma moça que luta pela sobrevivência e que não encontra um lugar ao qual se encaixar. Sempre se destacando da multidão, tenta a vida como cantora e até fica próxima da linha da prostituição. É na noite que ela se envolve com o comerciante de tecidos Etieene Balsan, e logo vai morar com eleOs dois vivem uma conturbada relação, em que precisam um do outro, mas não assumem. Então ela conhece o amor de sua vida,  Arthur 'Boy' Capel, que a motivou ainda mais em seguir sua carreira e abrir sua própria loja de bolsas.

O filme para quem não conhece a estilista, não passa nenhuma informação histórica e omite partes mais interessantes e complexas da vida de Coco. E principalmente guarda o que viria por vir, quando torna-se aliada ao regime nazista fazendo ponte entre alemães e franceses. A produção aqui funciona como uma forma de amenizar o lado sombrio e mostrar um certo heroísmo em sua vida que foi marcada por grandes amores, sofrimentos e a tragédia, que ao mesmo tempo mostrou crescimento no lado profissional, mas a deixou ainda mais afundada em sentimentos. A jovem que era descrente no amor, conheceu alguém que acreditava em si, se entregou e por um destino trágico, depois sofreu por amor. É difícil saber se o que acontece no filme seja motivo para os caminhos, da qual, Coco Chanel escolheu, porém, aqui descobrimos como o modo de retratar as famosas estilistas e chefões da moda sendo pessoas frias, arrogantes e mal humoradas nasceu. Bem sucedidas na carreira e órfãs no amor.

O filme está indicado ao Oscar 2010 na categoria de melhor figurino, sem dúvidas uma espécie de homenagem ao lado forte da estilista. Mas a produção infelizmente está longe de ser uma obra definitiva sobre a vida de uma mulher tão polêmica e interessante e de fazer inveja nas Mirandas Priestly - que querem ser difíceis como ela - do mundo da moda.
   
Coco Antes de Chanel
Coco Avant Chanel
França, 2009 - 105 min
Drama 
Direção: Anne Fontaine 
Roteiro: Anne Fontaine, Camille Fontaine 
Elenco: Audrey Tautou, Benoît Poelvoorde, Alessandro Nivola, Marie Gillain, Emmanuelle Devos, Régis Royer
Trailer: 






Um comentário:

  1. se não me engano, esse filme só teve o poster aqui na minha cidade, queria ter visto ele nos cinemas =\

    curti sua resenha, impressão kminha ou vc tá pegando mais leve? kkkkkk

    ResponderExcluir

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.