outubro 20, 2010

'The Event' e o peso de substituir 'Lost'

Série até segura bem o suspense, mas sofre pelas inevitáveis comparações


Quando The Event apareceu na mídia, algo já estava errado. Com a sinopse sem pé nem cabeça, as comparações com a recém finada Lost não demoraram à aparecer. E infelizmente ela carrega o fardo de ser a substituta do sucesso que  revolucionou o modo de se fazer seriados sci fi e ao mesmo tempo decepcionou milhares fãs com o final, no mínimo, patético. Eis então que depois do fracasso de Flash Forward na ABC, as emissoras americanas começaram a pegar mais leve na brincadeira, afinal uma série na tv aberta não pode ser muito complexa, senão, não segura a audiência. Eis que a NBC ousa e lança The Event.

Não é atoa que o projeto surgiu logo na NBC que anda mal de audiência e precisa de algum hype para manter posição entre as fortes concorrentes na faixa nobre. Diferente da FOX que empurra injustamente Fringe - outra série com um trama misteriosa - para as sangrentas quintas feiras num confronto direto com Grey's Anatomy e CIS, a emissora do pavão jogou The Event numa segunda e mesmo assim já percebe a audiência cair. A tão falada série agora chega ao Brasil pela Universal Channel e o resultado é melhor do que esperado, mesmo sem grande novidades.

Na série, estranhos acontecimentos conectam diferentes personagens, desde um jovem com sua namorada (da qual, está prestes à pedi-la em casamento) e que conhecem um estranho casal e logo são enganados por eles, e misteriosamente ela desaparece; o presidente que sabe de uma prisão escondida no Alasca e é alertado por pessoas próximas a não libertar um estranha mulher que sabe sobre uma conspiração e do tal 'evento' que ocorrerá; e um policial que segue ordens de conter um terrorista à bordo de um avião que tem o plano de matar o presidente.

Como de praxe das séries do tipo, o importante é manter o mistério. E se o avião some depois de um clarão, não se pode aguardar nada mais do que as teorias do público e as poucas respostas que o seriado não vai responder rapidamente. E isso é bom, principalmente se o roteiro, mesmo que não inovador - afinal, não é inédito o uso de aviões em mistérios, pessoas aleatórias ligadas pela conspiração, policiais investigando tramas estranhas e algum evento para acontecer - seja tão bom quanto os momentos geniais de Lost. É aguardar e dar mais uma chance a série que nesse primeiro episódio não deu alma aos personagens e focou mais na ação e suspense - o que é normal para empolgar o público acostumado com os policiais da concorrente CBS.

Se The Event vai conseguir espaço para entreter tão bem como a série da ilha fez por anos, vamos ter de esperar. Só não siga o caminho de cair na conversa que a série era sobre pessoas ou se perca como ocorreu com Heroes e cia. No mais, os nerds de plantão comemoram a nova tentativa. O Universal Channel exibe o seriado nas segundas, às 22h. 

Veja o trailer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.