outubro 28, 2010

'Atividade Paranormal 2' é repetitivo, mas garante bons sustos

Terror se assume como trash e dessa vez apresenta o fantasma!


Se apoderando das regras de eventuais sequências impulsionadas pelas excelentes bilheterias, Atividade Paranormal segue à risca diversos aspectos. Desde participações de personagens oriundos do original, novos integrantes no eleco - que serve como alívio visual e também para dar novo fôlego -, e efeitos mais precisos - para impressionar mais. Se o filme independente de 2009 que se transformou em um grande sucesso midiático, era protagonizado por um arrogante casal, agora é uma família que vai passar por maus momentos na casa amaldiçoada. Ou seja, um bebê (os mais sensíveis podem não gostar), uma jovem adolescente e um cachorro se juntam aos pais de meia idade (sendo que o patriarca, de tão cético chega ao ponto de demitir a empregada espiritualista) e vão se deparar com um espírito maligno.

Assim como o primeiro, Atividade Paranormal 2 demora pra começar a mostrar serviço. Os primeiros acontecimentos são bobos, beiram à comédia e passam a impressão de estarmos assistindo alguma paródia no estilo Todo Mundo em Pânico. É porta fechando, abrindo, sombras se aproximando, objetos levitando ou caindo - o lance do limpador de piscina arrancou risadas da platéia, e não falo da pagadinha! Se o primeiro já dava a impressão de seguir o sucesso de A Bruxa de Blair, nesse as características são ainda mais fortes. A filha adolescente assim como o pai mais no final, insiste em sair pela casa filmando, alternando o modo de visão noturna e se enfiando em lugares remotos da moradia.

E quando o susto desperta os entediados em uma cena até bem elaborada (sim, àquela da cozinha), o ritmo do filme é acelerado. Mesmo que repetitivo no roteiro, eles buscam respostas no Google e teimam em acreditar mesmo com absurdos acontecendo, finalmente conhecemos o fantasma de Atividade Paranormal. A escolha que muito pode impactar, é reflexo do orçamento do filme que foi de 3 milhões de dólares, contra 15 mil do primeiro. Revelar os efeitos utilizados vão estragar a surpresa. Pode decepcionar alguns que viam a graça do filme na imaginação em olhar o nada ou apenas as consequências já, para outros, é mais um atrativo para divertido.  

É provável que o sucesso do filme faça o estúdio pensarem em uma continuação, mas com tanta repetição e os clichês restabelecidos - mais uma vez no lugar saírem de casa, ele correm pro andar de cima -, é meio improvável que, mesmo segurando a história com suspense e bons sustos, e fazendo uma conexão direta que explique os eventos do primeiro longa, uma nova sequência ainda seguir tudo o que já foi mostrado. Será que não é hora de jovens aventureiros saírem atrás de todos os desaparecidos em alguma floresta ou casa qualquer? Sem esquecer da câmera na mão, claro.

Atividade Paranormal  2
Paranormal Activity 2
EUA, 2010 - 87 min
Terror
Direção: Tod Williams
Roteiro: Michael R. Perry, baseado nos personagens criados por Oren Peli
Elenco: Katie Featherston , Sprague Grayden , Brian Boland , Micah Sloat
Trailer: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.