outubro 06, 2010

OSCAR 2011: Começam a surgir prováveis candidatos - parte 2

Mais filmes para ficar de olho!

Com o sucesso do post sobre os filmes que estavam gerando especulações sobre prováveis indicações ao Oscar 2011, resolvi fazer a segunda parte. Bom, a maioria dos filmes, são lembrados devido às excelentes críticas e boa aceitação do público. Essa segunda parte agora é impulsionada com os Festivais de Cinema que quase sempre fazem candidatos. O post abaixo tem uma seleção melhor apurada retirado do blog do crítico Rubens Ewald Filho.

> Confira aqui a primeira parte do termômetro para o Oscar 2011
>> Filme 'Lula, o Filho do Brasil' será o representante do país

O campeão de bilheterias desta semana nos Estados Unidos, A Rede Social (The Social Network), tem sido unânime em diversas críticas. A produção mostra como Mark Zuckerberg e Eduardo Saverin, dois nerds desajustados socialmente, fundaram o Facebook enquanto faziam faculdade em Harvard, em meio a sexo, dinheiro, traição e genialidade. Fazem parte do elenco: Jesse Eisenberg, Andrew Garfield, Justin Timberlake. O diretor David Fincher, que já foi indicado anteriormente por O Curioso Caso de Benjamin Button, pode ganhar mais uma indicação. Andrew Garfield - o novo Homem-Aranha - também é um nome forte para a categoria de coadjuvante. O filme chega por aqui em dezembro.

Porém, o mais comentado no momento é O Discurso do Rei (The King's Speech) grande vencedor do Festival de Toronto - principal termômetro para Oscar. Um dos grandes nomes recentes que saíram de lá vencedores e chegaram ao prêmio da Academia foram Quem quer ser um milionário? e Preciosa - Uma História de Esperança. O filme O Discurso do Rei é sobre o Rei George VI que venceu o seu problema de gagueira com ajuda do seu terapeuta da fala Lionel Logue. Depois de indicado por O Direito de Amar ano passado, o ator Colin Firth é, mais uma vez, bem elogiado e pode ser lembrado junto do diretor, Tom Hooper, e com os coadjuvantes Geoffrey Rush e Helena Bonham Carter. Veja o trailer aqui.

Outro que chamou atenção é Somewhere de Sofia Coppola (Virgens Suicidas, Encontros e Desencontros e Maria Antonieta) que foi o vencedor da Palma de Ouro no Festival de Veneza. No filme, um ator bad boy (Stephen Dorff) vivendo uma rotina de excessos no hotel Chateau Marmont de Hollywood - até que ele recebe a inesperada visita da sua filha de 11 anos, vivida pela irmã mais nova de Dakota Fanning, Elle Fanning. Mesmo não impressionando tanto como Encontro e Desencontros, Sofia Coppola pode ser lembrada. Estreia em dezembro nos EUA. Trailer aqui.

Mais uma vez, Danny Boyle volta a ser comentado depois do sucesso de Quem Quer um Milionário? - vencedor de seis estatuetas. Seu retorno é com o drama 127 Horas. O filme é estrelado por James Franco no papel principal. Na trama, Franco é Aaron Ralson, um alpinista que tem o braço preso por uma pedra durante 127 horas. Sozinho, sem ter como pedir socorro, Ralson decide amputar o membro com uma faca que carrega consigo. Depois disso, ele escala o restante da montanha, encontra uma família que lhe dá abrigo e comida e, finalmente, é resgatado por um helicóptero. Franco pode receber sua primeira indicação como melhor ator e Boyle, que já venceu, pode mais uma vez ser indicado. A produção estreia nos Estados Unidos em novembro. Confira aqui o trailer.

Desde que chamou atenção da crítica com o incrível Réquiem Para um Sonho (2000), o diretor Darren Aronofsky ganhou fãs por toda parte. E com O Lutador lançado em 2008 conquistou o prestígio da crítica. Pois então, o diretor tem mais um grande filme que está causando burburinho nos festivais: Cisne Negro (Black Swan). O filme é ambientada no mundo do New York City Ballet, onde Natalie Portman viverá Nina, uma bailarina que não consegue distinguir se sua rival, vivida por Mila Kunis, é real ou uma ilusão. Uma indicação para Portman é quase certa. Comercialmente o filme estreia em dezembro nos Estados Unidos. Veja o instigante trailer aqui.

Hereafter, primeira aventura de Clint Eastwood em um thriller psicológico, é outro impulsionado com a credibilidade que tem o ex-ator. O diretor já emplacou Menina de Ouro e A Troca na premiação e agora pode mais uma vez ser lembrado junto de Matt Damon. Com roteiro escrito por Peter Morgan (Frost/Nixon, A Rainha) o longa intercala três histórias que com teor espiritual. Damon faz um médium de San Francisco que não consegue se relacionar emocionalmente com sua namorada (Bryce Dallas Howard). A atriz belga Cécile de France faz uma apresentadora de talk show na França que teve uma experiência de quase-morte durante o tsunami asiático de 2004. A outra trama, dois gêmeos (Frankie e George McClaren) são separados por um acidente. O lançamento ocorre no próximo dia 22 nos EUA e em fevereiro no Brasil. Trailer aqui.

Rabbit Hole marca o retorno de Nicole Kidman como atriz respeitada. Depois do tempos de auge em que ganhou o Oscar por As Horas, ficou eternamente marcada em Moulin Rouge e teve uma atuação inesquecível no terror Os Outros, a atriz é no momento, a "volta por cima" do ano. Na trama, a vida de um casal entra em crise após a trágica morte do filho pequeno, o que dá início a uma jornada emocional em busca da felicidade. O longa é uma adaptação da peça de teatro escrita por David Lindsay-Abaire. Aaron Eckhart e Sandra Oh também fazem parte do elenco. A direção é de John Cameron Mitchell do polêmico Shortbus.
 
Blue Valentine foi exibido em Cannes e Sundance e é estrelado por Ryan Gosling e Michelle Williams. Com direção de Derek Cianfrance, o filme é sobre um casal que vive uma crise no casamento. Na medida em que o relacionamento piora, eles relembram os momentos felizes juntos. Trailer aqui.

Biutiful, dirigido por Alejandro Inarritu e protagonizado por Javier Bardem (vencedor de melhor ator em Cannes), já é o representante da Espanha na categoria de melhor filme estrangeiro. No filme, Javier Bardem é Uxbal, um médium que não conheceu o pai, tem uma ex-esposa bipolar e cuida sozinho dos filhos. Para se sustentar, ele explora imigrantes africanos ilegais como camelôs e agencia chineses na construção civil. Quando descobre que sofre de um câncer terminal e é confrontado por um amigo de infância, hoje policial, Uxbal decide mudar de vida. Trailer.

Bom, claro que isso são meras especulações e, provavelmente, apenas um e outro são realmente lembrados dessa lista. Outra notícia que causou movimentação entre os cinéfilos e a indústria, é a Dreamworks fazendo campanha para emplacar Como Treinar o Seu Dragão na disputa de animação e até sonha com o filme na categoria de melhor filme, repetindo o feito de UP Altas aventuras. Os indicados são conhecidos dia 2 de fevereiro de 2011 e a cerimônia do Oscar ocorre dia 27 do mesmo mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.