abril 30, 2010

EM DEFESA DE AGUILERA

Clipe de Not Myself Tonight gera polêmica, mas é um autêntico vídeo pop




Desde as primeiras fotos promocionais do novo clipe da cantora Christina Aguilera, muito se falou em cópia em relação outras cantoras como Lady GaGa e Madonna. Mas convenhamos, a indústria pop não é basicamente isso? Ou vai me dizer que a GaGa é original? Só se for no nome, nem a roupa é. Dificilmente se vê alguma inovação nos artistas novos e até mesmo dos veteranos, como no caso de Aguilera e seus 10 anos de carreira. Britney Spears que surgiu na mesma época, não apresenta nenhuma diferença entre as novas de agora. Basta perceber a temática Circus, de seu último trabalho, que já foi até mesmo usado por Christina anteriormente, ou o clipe de 3 que tem artifícios de clipes como da Ciara.

Capa de Bionic
O 'problema' é que Christina Aguilera sempre foi superior no quesito voz, e como cantora esse é o forte dela e ninguém pode copiar. Como artista, Aguilera já fez diversos trabalhos com sua marca e campanhas, e agora vai estrear no cinema junto com a Cher no musical Burlesque. Ela está crescendo, e como sempre mudando em cada álbum, sem deixar de se adaptar ao que é comercial nos dias de hoje. É uma pena que ela como ótima performacer, passe por esses tipos de comentários. Infelizmente os próprios fãs da música pop encontram maneiras para diminuí-la, ao invés de entenderem que não se trata de cópia e sim de referências.

Not Myself Tonight, é o primeiro single do mais novo álbum da cantora, Bionic - o quarto da carreira -, que será lançado 8 de Junho. No clipe, são explorados várias facetas sobre uma mudança radical dela. Tem ela sadomasoquista, extravagante e abusando da sensualidade, inclusive dentro de uma Igreja. Veja a premiere:




p.s.: Óculos de marca igual, é questão de merchandising povo! 
p.s.²: Derramar óleo preto pelo corpo é tão Shakira em La Tortura, né?

5 comentários:

  1. Achei legal o clipe até, e concordo com tudo que c disse Ivan! :P

    ResponderExcluir
  2. bacanaaaa! preferia q ela tivesse ndado mais espaço para a voz dela do q para a batida da música, mas curti.
    as comparações são inevitáveis... o clipe está bem estilo da lady gaga, porém sem todo aquele "cérebro" por trás na história do clipe...

    ResponderExcluir
  3. Definitivamente não gostei do clipe.Não tem começo, meio e fim.É apenas um bando de cenas sexy e nada mais.Não sou contra a inspiração em outros clipes( para não dizer copia haahh)mas se vai plagiar, que faça bem feito,né.Tenho que confessar que Lady Gaga fez com que meu nivel de exigencia em relação a clipes aumentasse muito hahah

    ResponderExcluir
  4. Claude, o clipe é meio que uma homenagem a vários clipes pop e também sobre a trajetória da cantora nesses 10 anos.

    E vamos lá, Lady Gaga também tem clipes sem história nenhuma, como Just Dance, Poker Face, Love Game... e por aí vai. Mas é uma questão de gosto.

    ResponderExcluir
  5. claroooo! todo mundo tem o direito de fazer clipes sem histórias, conteúdos, sentido, etc. =)

    eu curti o clipe =)

    ResponderExcluir

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.