dezembro 29, 2010

Ben Affleck busca redenção em 'Atração Perigosa'

Ator marca mais uma jornada como diretor


Depois de estrear na direção com Medo da Verdade, em 2007, Ben Affleck busca um novo rumo para sua carreira considerada instável. Desde que venceu o Oscar em 1998 de roteiro original ao lado do amigo bem sucedido Matt Damon, Affleck não soube mais o que seria o prestígio da crítica e do público, chegando a ser indicado como pior ator por alguns filmes. Mas eis que agora ele ousa entrar de vez na carreira de diretor e consegue, enfim, emplacar um bom trabalho que está sendo reconhecido em premiações e foi prestigiado com o sucesso de bilheteria pelo público. Em Atração Perigosa (The Town, EUA, 2010), Ben Affleck dirige e atua uma eletrizante trama de suspense e ação com um toque de drama.

O filme é uma adaptação do romance The Prince of Thieves de Chuck Hogan, e se passa depois de um assalto a banco no pequeno bairro de Charlestown. Logo no início do filme, ficamos sabendo que não existe lugar que ocorra mais assaltos à bancos como lá. O bairro fica em Boston, conhecido por existir gangues de irlandeses. Também é revelado que o ofício do crime passa de pai para filho, como acaba provando-se durante o filme. O assalto seria bem sucedido se a caixa Claire Keesey (Rebecca Hall) não tivesse virado refém do bando e tornado-se o foco de Doug MacRay (Affleck) - que busca vigiá-la, pois descobre que ela mora nas redondezas, e assim quer certifica-se que ela não irá longe com a investigação do FBI. Porém, do outro lado está um agente do FBI (John Hamm) que começa uma caça aos ladrões e tem boa lábia para conquistar seus interesses. Junto do amigo e comparsa compulsivo (Jeremy Renner) e de outros integrantes, Doug percisa cumprir um último plano.

O filme diferente de alguns grandiosos filmes de assaltos à banco, como o ótimo e surpreendente Plano Perfeito, não traz surpresas. É mais focado no drama do personagem de Aflleck que busca uma redenção. A narrativa é simples, em conversas e em reuniões do FBI, sabemos um pouco do passado dos criminosos e assim seguir à caça de gato e rato proposta. E mesmo com cara de bom moço e até o mais bonzinho entre os bandidos, o protagonista aos poucos vai mostrando que sua redenção não significa deixar de lado o passado criminoso. Ele vai em reuniões do AA e visita o pai constantemente na cadeia, além de se apaixonar pela principal testemunha do seu crime. Fica claro que ultrapassar os limites impostos por ele mesmo é que vão levar à redenção.


Atração Perigosa se fixa como um bom filme do gênero, e se destaca ainda mais por ter sido um ano fraco em Hollywood. Fica marcado aqui uma tentativa bem sucedida de um ator mediano e que como seu  personagem, busca uma nova chance, um novo caminho, sem deixar o passado nebuloso para trás.

Trailer:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.