novembro 26, 2010

Surpreendente drama familiar na série 'Brothers & Sisters'

Seriado lembra novela, mas consegue se sair muito melhor


Com alma de novela, Brothers & Sisters se destaca por unir ingredientes deliciosos como, romance, mistério, relações inter pessoais, intrigas, sempre com muito sarcasmo ou drama. Se tornar fã da família Walker não é muito difícil, basta assistir os primeiros episódios do seriado da ABC, exibido aqui pelo Universal Channel. Leve, mas com um enredo consistente, a série poderia se perder nos estereótipos utilizados em outra série parecida (porém, menos dramática), Desperate Housewives, entretanto, o que se vê é uma tentativa de aproximação da realidade que impressiona. Imperfeitos e com dilemas, os personagens centrais são postos de frente à temas contemporâneos (ou nem tanto), tais como, homossexualidade na terceira idade, diferenças de ideologias políticas dentro da família, divórcio, guerra, traição, drogas, câncer, casamento gay, adoção, e por aí vai.  Mas o melhor está na forma em como uma família tão complicada, é unida perto de trágicos eventos.


A trama parte da premissa "toda família tem segredos que nunca são revelados à mesa". Com a morte do patriarca da família, não demora muito para os segredos dos Walkers aos poucos começarem à serem trazidos a tona. Desses, um envolve a falência da empresa familiar e uma suposta amante. A mãe, Nora (Sally Field), precisa administrar as consequências do eventos, os problemas dos cinco filhos, e ainda como seguir adiante agora viúva. Os filhos são: Justin Walker (Dave Annable), o mais jovem, e que tem problema com o vício em drogas que surgiu logo após de servir ao Iraque; Kitty (Calista Flockhart), bem sucedida e republicana, tem sérios problemas de convivência com a mãe; Sarah Walker (Rachel Griffiths), a mais velha do clã, passa por problemas no casamento e tem de conciliar a vida entre o trabalho e os filhos; Kevin Walker (Matthew Rhys), advogado e homossexual assumido e que foge dos clichês, ainda tem problemas em lidar com a condição, o sarcasmo é o seu forte; o outro é Tommy Walker (Balthazar Getty), ambicioso, está começando a formar sua própria família. Outros importantes na família são: Holly Harper (Patricia Wettig) a amante de William que surge e logo quer tomar tudo o que tem direito; e Saul Holden (Ron Rifkin), irmão de Nora e sócio de William, conhece vários segredos ao redor da família, além de esconder seus próprios. E para felicidade dos brasileiros que adoram uma boa novela, a atriz Sônia Braga está fazendo participações especiais nessa nova temporada.

Brothers & Sisters acaba de chegar à quinta temporada nos EUA, ainda é inédita por aqui. Com um elenco fenomenal, entre eles a vencedora do Emmy, Sally Field, e a indicada Rachel Grittifhs, é impossível não se envolver nos dramas daquela família, se emocionar nos momentos mais alegres e tristes, além de querer compará-las aos nossos próprios familiares. E melhor do que isso, com muito dinamismo, surpresas (nem sempre tão agradáveis), o roteiro prende de uma forma tão genial, que é difícil não querer saber o que vai acontecer no próximo episódio. Ou seja, vicia. Depois de um jantar com os Walkers, tenho certeza que você ansiar pelo próximo!

Trailer:


Brothers & Sisters é exibido no Universal Channel nas segundas feiras, às 23h. A quinta temporada não tem previsão de estreia pelo canal. 

Esse post faz parte do especial Semana em Série, trazendo dicas de seriados de qualidade e boa diversão. 



:: Posts anteriores:
> O triângulo amoroso mais delicioso da TV está em 'The Good Wife'! 
>> '30 Rock': a premiada série de tv é renovada!

O próximo Semana em série,é sobre o drama de época Mad Men! Fique ligado nos próximos dias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.