abril 01, 2011

Breaking Bad, série sobre câncer e drogas como você nunca viu!

Drama segue Mad Men como um dos melhores programas da tv dos últimos tempos


Dramática em alguns momentos, cômica em outros e cheio de ação quando necessária, Breaking Bad é um seriado difícil de se rotular. Por isso é mais fácil dizer que é um drama, já que a pesada premissa sobre drogas e câncer não tem como fazê-la ser outra coisa e assim atrair um público diferente. Mas sem dúvidas alguns episódios se enquadram numa dramédia muito bem. O seriado é aclamado pela crítica, mas nunca teve um reconhecimento muito significativo do público - a audiência gira em torno de 1,5 milhão de espectadores por episódio -, mesmo tendo mais ritmo que a outra queridinha do canal norte-americano AMC, Mad Men.O seriado venceu em suas três temporadas, seis Emmys, entre eles, um de melhor ator dramático para Bryan Cranston.

A série conta a história de Walter White (Bryan Cranston), um professor de química que vive uma vida comum e politicamente correta junto de sua família: a esposa Skyler White (Anna Gunn), uma mulher correta, preocupada com a família e sempre disposta à ajudar quando necessário, e o filho Walter White, Jr. (RJ Mitte), um jovem bonito de 17 anos e que mesmo com dificuldades motoras, fruto de paralisia cerebral, tem personalidade forte e sempre bate de frente com a postura dos pais diante seus problemas. E problemas são o que não faltam. Walter descobre que tem um severo câncer e precisa de - um caro - tratamento. Junto do diagnóstico, a crise existêncial o pega de jeito. Walter não percebe o propósito de continuar vivendo, já que vive uma vida que na verdade parece morta. É então que aos poucos seus conhecimentos em química o envolvem numa jornada dentro da marginalidade: ele começa a fabricar metanfetamina. Ao lado do jovem e traficante Jesse Pinkman (Aaron Paul), eles passam à serem comparsas na clandestinidade. Mais do que isso, aos poucos a relação entre os dois vira uma forte amizade e a necessidade de serem um ombro amigo quando necessário para preencherem o vazio (Jesse é um viciado e rejeitado pela família), essa amizade proporciona grandes diálogos ao longo das duas primeiras temporadas. Walter agora se sente mais vivo que nunca. É interessante ver como a virada da vida de cabeça para baixo de Walter serve como um metáfora ao próprio câncer. Quando ele decide assumir a personalidade arriscada e prazerosa - mesmo que seja para conseguir dinheiro para o tratamento -, ele afeta a vida de todos ao redor. Suas mentiras vão envenenando aos poucos os mais próximos. O climax do grande câncer que ele mesmo se transformou, ocorre no fim da segunda temporada, quando suas ações afetam a vida da cidade em grande escala. Outros coadjuvantes que são importantes na trama são: o cunhado Hank Schrader (Dean Norris) que trabalha como investigador numa agência de combate ao narcotráfico e sua esposa Marie Schrader (Betsy Brandt), da qual, é cleptomaníaca. Interessante destacar que até mesmo Hank vai tendo seu lado explorado, o cara durão também vai sofrer com a assustadora face do tráfico de drogas.

Com roteiro ágil e cheio de suspense, Breaking Bad se assume como uma série instigante, mas que funciona como um drama, da qual, se aprofunda bem na complexidade do ser humano. Não é para todos, pois a temática envolve muitas cenas de violência e sexo, mas para os que não tem problema com a liberdade da narrativa, vão encontrar um excelente exemplo de como uma série pode mexer com os nossos sentimentos, tamanho é o realismo tratado. Ainda mais quando o protagonista guarda seus segredos tal como todos nós, é por isso que outros seriados do tipo como Nurse Jackie, Dexter e Mad Men, funcionam tanto para entreter quanto para analisar e se emocionar.

Trailer:


A terceira temporada do seriado (inédita no Brasil) vai ao ar às 20h, todo domingo, no AXN. O canal AMC promete a quarta temporada para o verão norte-americano (inverno por aqui).


Esse post faz parte do especial Semana em Série, trazendo dicas de seriados de qualidade e boa diversão.



:: Posts anteriores:

> O triângulo amoroso mais delicioso da TV está em 'The Good Wife'! 
>> '30 Rock': a premiada série de tv é renovada!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.