março 08, 2010

OSCAR 2010: A POLÊMICA AVATAR

Premiação precisava apimentar a disputa, mas exagerou na dose

Primeiro que fique bem claro. Esse filme já foi visto antes e nem faz muito tempo. Porém, teve menos comoção porque O Senhor dos Anéis não foi tão popular em seu lançamento como Avatar está sendo no calor dos recordes. O épico de Peter Jackson ganhou popularidade aos poucos e melhorou de público apenas depois do segundo filme, produzido  junto com o terceiro - e com o orçamento bem maior. E logo depois vieram os onze Oscars para O Retorno do Rei. E é isso que a Academia parece fazer.

O diretor James Cameron anunciou uma trilogia para Avatar e a Academia economizou estatuetas para as próximas premiações (se não for isso, aposto em loucura de quem vota nisso). E a tática tem consequências polêmicas, visto que se trata de um filme bom com um tema tão pertinente. Não que Guerra ao Terror não trabalhe um assunto que seja pertinente, mas Avatar é sobre humanidade, é de uma esfera maior e que pode-se chamar de universal. Agora é esperar os próximos dez anos para que justiça seja feita, e nós cinéfilos ficamos apostando no grande bolão que o prêmio se tornou - há anos.

Quando se tem Sandra Bullock levando prêmio de Meryl Streep (Julie & Julia), isso não mostra tanta ousadia, e beira à uma estúpida escolha. Ano passado Kate Winslet levou, mas realmente fez por merecer, anos após anos sendo indicada por trabalhos belíssimos e melhorando a cada ano. O que Sandra fez? Não desmerecendo o talento da atriz, mas são tantas escolhas erradas, que é difícil acreditar que ela suou para chegar onde está como outras. Outro fator discutível é o favoritismo de alguns filmes em categorias que realmente são fortes e conseguem naufragar na hora do prêmio.

Amor sem Escalas favorito em roteiro adaptado precisava de pelo menos um prêmio para ser lembrado de alguma maneira - e tudo o favorecia, desde atuações até o roteiro sobre um assunto atual que é a crise econômica. Saiu de mãos vazias. Preciosa, por mais que seja isso tudo, ganhou o mais importante que ele poderia levar (Melhor Atriz Coadjuvante), afinal é um filme que tem em seu forte as atuações. E Bastardos Inglórios, em que seu forte é a originalidade do roteiro, ganhou um  prêmio tão óbvio que é pouco diante do que merecia (Melhor Ator Coadjuvante).

Se o Oscar desse ano não quis chover no molhado, já que Avatar é tão grande para se sustentar sozinho e vai crescer ainda mais entre crítica e público futuramente, pelo menos que eles fossem mais justos e não fizessem o tão odiado óbvio, deixando de lado grande merecedores e fazendo dessa premiação, além de ser a mais apática e chata, a causadora de uma polêmica com fundamentos tão pretenciosos quanto o valor real que o prêmio tem.

Por outro lado, que sirva pelo menos de lição para o Brasil, pois,  temos muito a perder quando não apostamos no cinema real e que não é necessário 500 milhões de orçamamento para se ganhar reconhecimento. Mesmo que as boas piadas de Steve Martin e Alec Baldwin, é difícil achar graça no joguinho que eles fazem com os vencedores. Confira a lista de quem ganhou o bolão - em negrito:





Melhor Filme

    * Guerra ao Terror
    * Avatar
    * Um Sonho Possível
    * Distrito 9
    * Educação
    *
Bastardos Inglórios
    * Preciosa - Uma História de Esperança
    * Um Homem Sério
    * Up - Altas Aventuras
    * Amor Sem Escalas

Melhor Diretor

    * Kathryn Bigelow - Guerra ao Terror
    * James Cameron - Avatar
    * Quentin Tarantino - Bastardos Inglórios
    * Lee Daniels - Preciosa - Uma História de Esperança
    * Jason Reitman - Amor Sem Escalas

Melhor Ator

    * Jeff Bridges - Coração Louco
    * George Clooney - Amor Sem Escalas
    * Colin Firth - Direito de Amar
    * Morgan Freeman - Invictus
    * Jeremy Renner - Guerra ao Terror

Ator Coadjuvante

    * Christoph Waltz - Bastardos Inglórios
    * Matt Damon - Invictus
    * Woody Harrelson - O Mensageiro
    * Christopher Plummer - The Last Station
    * Stanley Tucci - Um Olhar do Paraíso

Melhor Atriz

    * Sandra Bullock - Um Sonho Possível
    * Helen Mirren - The Last Station
    * Carey Mulligan - Educação
    * Gabourey Sidibe - Preciosa - Uma História de Esperança
    * Meryl Streep - Julie e Julia

Melhor Atriz Coadjuvante

    * Mo'Nique - Preciosa - Uma História de Esperança
    * Penelope Cruz - Nine
    * Vera Farmiga - Amor Sem Escalas
    * Maggie Gyllenhaal - Coração Louco
    * Anna Kendrick - Amor Sem Escalas

Melhor Roteiro Adaptado

    * Preciosa - Uma História de Esperança
    * Distrito 9
    * Educação
    * In The Loop
    * Amor Sem Escalas

Melhor Roteiro Original

    * Guerra ao Terror
    * Bastardos Inglórios
    * O Mensageiro
    * Um Homem Sério
    * Up - Altas Aventuras

Melhor Animação Longa-Metragem

    * Up - Altas Aventuras
    * Coraline
    * O Fantástico Sr. Raposo
    * A Princesa e o Sapo
    * The Secret of Kells

Melhor Animação Curta-Metragem

    * Logorama
    * French Roast
    * Granny O´Grimn´s Sleeping Beauty
    * The Lady and the Reaper (La Dama e la Muerte)
    * A Matter of Loaf and Death

Melhor Filme Estrangeiro

    * O Segredo dos Seus Olhos (Argentina)
    * Ajami (Israel)
    * O Leite da Amargura (Peru)
    * O Profeta (França)
    * A Fita Branca (Alemanha)

Melhor Documentário Longa-Metragem

    * The Cove
    * Burma Vj
    * Food Inc.
    * The Most Dangerous Man In America: Daniel Ellsberg and the Pentagon Papers
    * Which Way Home

Melhor Documentário Curta-Metragem

    * Music by Prudence
    * Province
    * The Last Campaign of Governos Booth Gardner
    * The Last Truck: Closing of a GM Plant
    * Rabbit à la Berlin

Melhor Curta-Metragem

    * The New Tenants
    * The Door
    * Instead of Abracadabra
    * Kavi
    * Miracle Fish

Melhor Direção de Arte

    * Avatar
    * O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus
    * Nine
    * Sherlock Holmes
    * The Young Victoria

Melhor Fotografia

    * Avatar
    * Harry Potter e o Enigma do Príncipe
    * Guerra ao Terror
    * Bastardos Inglórios
    * A Fita Branca

Melhor Figurino

    * The Young Victoria
    * Brilho de Uma Paixão
    * Coco Antes de Chanel
    * O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus
    * Nine

Melhor Montagem

    * Guerra ao Terror
    * Avatar
    * Distrito 9
    * Bastardos Inglórios
    * Preciosa - Uma História de Esperança

Melhor Trilha Sonora Original


    * Up - Altas Aventuras
    * Avatar
    * O Fantástico Sr. Raposo
    * Guerra ao Terror
    * Sherlock Holmes

Melhor Canção Original

    * "The Weary Kind" - Coração Louco
    * "Almost There" - A Princesa e o Sapo
    * "Down in New Orleans" - A Princesa e o Sapo
    * "Loin De Paname" - Paris 36
    * "Take it All" - Nine

Melhor Edição de Som

    * Guerra ao Terror
    * Avatar
    * Bastardos Inglórios
    * Star Trek
    * Up - Altas Aventuras

Melhor Mixagem de Som


    * Guerra ao Terror
    * Avatar
    * Bastardos Inglórios
    * Star Trek
    * Transformers: A Vingança dos Derrotados

Melhores Efeitos Especiais

    * Avatar
    * Distrito 9
    * Star Trek

Melhor Maquiagem

    * Star Trek
    * Il Divo
    * The Young Victoria

5 comentários:

  1. Guerra ao terror mereceu levar a melhor. Roteiro infinitamente superior ao de Avatar.

    ResponderExcluir
  2. OMG, achei q a noite4 fosse ser dos ets azuis, mas querra ao terror levou a maioria hein! =O

    nãoa cho necessário uam trilogia de ets azuis :S
    agora o cameron tá querendo só o dinheiro... :S

    ResponderExcluir
  3. Márcio, pra isso serve o prêmio de Roteiro da qual ele levou.

    E se isso contasse, o Oscar premiou roteiros bem piores que o de Avatar - Titanic mesmo pode ser grande um exemplo.

    All, Eu adoro essa temática explorada por Avatar. O melhor é que James Camron além de divertir, tráz reflexões para o público.

    ResponderExcluir
  4. Meu de boa, também não concordei ;~ acho que desvalorizar Avatar a esse ponto só se baseande em valores reais( dolar no caso rsr) é mto #FAIL mas a msg de Avatar é incrivel embora nem todos tenham captado de 1° essa msg ;x reparei isso com os comentarios do povo saindo do cinema, mas acho q isso foi + no brasil msm povo sem estudo e panz é nisso q da ;x *apanha*

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Filipe. As pessoas julgam apenas a embalagem e esquecem o conteúdo. O roteiro pode não ser original, mas o filme tem uma mensagem tão interessante quanto Guerra ao Terror. Nunca será velha e ultrapassada. O problema é que ser blockbuster traz um lado negativo.

    Afinal, quem compreendeu mesmo a subjetividade de Avatar, sabe que o filme explicitamente crítica o imperialismo, a guerra contra outras culturas. Enfim. Tenho certeza que eles agiram a partir de uma política visando o futuro da premiação.

    O mundo vai parar para ver um próximo Avatar no Oscar, só não sei se até lá vai sobrar credibilidade para eles com o público que ama Avatar.

    ResponderExcluir

Atenção: Este blog contém conteúdo opinativo, por isso, não serão aceitos comentários depreciativos sobre a opinião do autor. Saiba debater com respeito. Portanto, comentários ofensivos serão apagados. Para saber quando seu comentário for respondido basta "Inscrever-se por e-mail" clicando no link abaixo.